English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Cem anos após os pioneiros, os imigrantes italianos começam a chegar.



Ainda na virada do século XX, a Vila Mato Grosso de Batataes receberia inúmeros imigrantes italianos. Posteriormente chegariam os sírios, à época chamados de turcos, na maioria provindos da Guardinha (distrito de São Sebastião do Paraíso - MG) e da vizinha Santo Antonio da Alegria. É que até o término da primeira Guerra Mundial (1918), a Síria e o Líbano pertenciam ao antigo Império Otomano (turco), passando a posteriori a protetorado francês. Os imigrantes sírios ou libaneses que chegaram ao Brasil antes de 1918 vinham com o passaporte expedido pela Turquia, daí a denominação de turcos.
João Abrão, filho de um dos mais antigos comerciantes sírios da Rua da Saudade, nos conta sobre seus pais, um dos primeiros imigrantes sírios que vieram, viveram e morreram na então Altinópolis.




Das famílias italianas mais antigas que chegaram à Vila de Mato Grosso e se integraram na vida social e política da comunidade, são os Vicentini, Raffaini, Zuccolloto, Crivelenti, Brondi, Viccari, Buzelli, Lavagnoli, Boranelli, Cassolari, Prodócimo, Poli, Campi, Bis, Galeoti, Biondi, Bronzi, Mango, Bendazzoli, Bonollo, Agnezini, Dassiê, Cinalli, Zaparolli, Pandini, Ferro, Marceli, Darini, Cárneo, Pollo, Masson, Marchiori, Ferrero, Biaggi, Damico, Corsi, Galli, Guidini, Calegari, Casoli, Paschoalini, Benedini, Lavagnoli, Tonhati, Fiori, Cinquini, Tofani, Angeli, Cavalhieri, Grechi, Menossi, Spinelli, Malaguti, Zamperini, Barbieri, Corsini, Cadurim, Voltolini, Galerani, Fioravante, Pierucci, Cassarotti, Zanzotti, Gatti, Sachetto, Adami, Frighetto, Radaelli...
O agricultor Dirceu Vicentini nos conta sobre o patriarca Francesco Vicentini, um dos primeiros imigrantes italianos a chegar na Vila de Mato Grosso.



20 comentários:

  1. É riquíssimo um povo que tem uma origem tão miscigenada como o nosso.

    ResponderExcluir
  2. Jose fiquei emocionado com o blog, sinceramente nao conhecia, amo Altinopolis e gostaria muito de ver esse material de perto, claro que se voce nao se importar. So uma dica se me permite, uma das familias que chegaram a Altinopolis e que naquela epoca era bem numerosa foi a Familia Tofani do meu tataravo que depois de casaria com alguem da familia Lavagnholi. Bacana demais. Se puder entre em contato aletofani@hotmail.com . Abraços e parabens pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Minha Bisavó era de Mato grosso dos Batatais, não vI também a família ANGELI, você tem algum material, ela nascei aí em Mato Grosso (Altinópolis),o Pai dela veio da Itália em 1892, junto com a esposa e um filho.
    Fortunato Angeli,Luigia e Emilio. Fagnergil@hotmail.com, se tiver algo me ajude, grato

    ResponderExcluir
  4. AQUI VI O SOBRENOME BIAGGI ,MEU BISAVO CHEGOU DA ITALIA COM 2 ANOS DE IDADE ,PROVAVELMENTE CASOU-SE AI EM ALTINOPOLIS COM UMA ITALIANA TAMBEM SEU MONE ERA HERMIDES ANHESINE ,NASCEU 5 FILHOS ,DEPOIS ELES DEIXARAM A CIDADE VINDO PARA BRODOKS , GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM FAMILIAR AI ,MEU NOME É SILVIA OLIVEIRA DAMACENO MEU IMAIL .. prsilviadamaceno@gmail.com AGRADEÇO DESDE JA .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce viu que eles vieram de São Sebastião do Paraiso? Minas gerais. Talvez não seja por isso o vo falar que era Mineiro?

      Excluir
  5. Que orgulho de ver o meu sobrenome Cadurim nesta materia

    ResponderExcluir
  6. Nosso avô era o Erasmo Darini, filho de Amato Darini, imigrante italiano, será que possuem alguma fotografia deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá se eu nao me ingano Amato Darini era o pai do meu bizavo Otavio Darini

      Excluir
  7. Meu avô era Ângelo Frighetto, será que encontro mais alguém com esse sobrenome?

    ResponderExcluir
  8. Que legal!! Meus antepassados foram lembrados!!
    Será que eu consigo mais informações da família Grechi? Gostaria de saber mais sobre o meu tataravô Henrique(Eurico ou Enricco, ouve variações no nome dele!!), ele era pai de Vittorio Grechi q era pai de Adriano Victal Grecchi, q era pai de Paulo Grecchi(meu pai)!!
    Alguém sabe me dizer a data que meu tataravô morreu? Obrigada

    ResponderExcluir
  9. linha de domenico e domenica angeli
    Nome: ELIA ANTONIO
    Sobrenome: ANGELI
    Sexo: M
    Nome do pai: DOMENICO
    Nome da mãe: CATERINA
    Sobrenome da mãe: ROAT
    Ano de nascimento: 29/5/1851
    Paróquia: ISCHIA DI PERGINE - S. Stefano
    Nome: ELIA ANTONIO
    Sobrenome: ANGELI
    Sexo: M
    Nome do pai: DOMENICO
    Nome da mãe: CATERINA
    Sobrenome da mãe: ROAT
    Ano de nascimento: 29/5/1851
    Paróquia: ISCHIA DI PERGINE - S. Stefano
    Nome: CATTARINA
    Sobrenome: ROAT
    Sexo: F
    Nome do pai: CRISTOFORO
    Nome da mãe: DOMINICA
    Sobrenome da mãe: PECORETTI
    Ano de nascimento: 27/8/1831
    Paróquia: RONCOGNO - S. Anna
    Nome: DOMINICO
    Sobrenome: ANGELI
    Sexo: M
    Nome do pai: DOMINICO
    Nome da mãe: ORSOLA
    Sobrenome da mãe: PARTAZIN
    Ano de nascimento: 2/4/1825
    Paróquia: TENNA - Annunciazione di Maria
    Nome: LUIGIA CATERINA
    Sobrenome: ANGELI
    Sexo: F
    Nome do pai: DOMENICO
    Nome da mãe: CATERINA
    Sobrenome da mãe: ROAT
    Ano de nascimento: 23/5/1853
    Paróquia: ISCHIA DI PERGINE - S. Stefano

    ResponderExcluir
  10. MEU BISAVO VINCENZO GIANNINI, VEIO DA ITALIA EM MEADOS DE 1897- SE INSTALOU EM ALTINOPOLIS E FALECERA NA FAZENDA BELA VISTA- 1902, SENDO QUE MEU AVÔ NASCERA MESES DEPOIS DO OBITO DO PAI. EM HOMENAGEM SE CHAMAVA VICENTE GIOVANINI, SENDO QUE DEPOIS FOI PARA GUIARA/SP E DEPOIS PARA ALTONIA-PR, TRABALHAR NAS LAVOURAS DE CAFE DA REGIAO...TIVE RECENTIMENTE EM ALTINOPOLIS, E CONHECI A FAZENDA BELA VISTA ONDE AINDA TEM A COLONIA ONDE OS IMIGRANTES MORAVAM...SHOW!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SITE PARA PESQUISA NA IGREJA DE ALTINOPOLIOS:
      https://familysearch.org/search/image/index?owc=M5N1-16D%3A372068201%2C371870102%3Fcc%3D2177299

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Procuro informações de familia Masson, fotos,documentos,passaporte. para fins de cidadania italiana.agradeço, favor entrar em contato com lcmasson49@yahoo.com.br grato

    ResponderExcluir
  13. Meu nome é Claudinei Ricoldi o sobrenome correto é Ricordi por um erro de grafia ficou Ricoldi. sou descendente de Santo Damico que veio da itália em meados de 1890 e se instalou em Batatais e posteriormente Altinópolis. minha avó filha dele se chamava Maria José Damico e se casou com meu avô Luis Constantino Ricoldi. Luis constantino é filho de Meu Bisavô Valentim Ricordi que veio também da itália em meados de 1895 e se instalou na região e teve algumas propriedades de plantio de café na região de Nuporanga e Altinopolis . O nome de meu pai é Geraldo RICOLDI . ESTOU PROCURA DE DADOS SOBRE O VALENTIM RICORDI E SANTO DAMICO . SEA LGÚEM PUDER ME AJUDAR .MEU Email claudineiricoldi@hotmail.com . estou tenteando cidadania italiana e preciso de juntar os documentos . Aguardo Agradeço.

    ResponderExcluir
  14. Ligia de Oliveira Ruggiero6 de janeiro de 2018 20:29

    Vocês têm alguma informação sobre a família Bueno ou Bueno de Oliveira?

    ResponderExcluir
  15. Alguém tem informações sobre meu bisavô José Felippe da Silva? Ele era filho de Izaias Primo Felippe e de Cecília Maria do Carmo. Era casado com Maria Jeronyma de Jesus (1875-1953), filha de Antonio Ferreira Mendes e Maria das Dores. Meu avô José Primo Felippe, filho de José Felippe da Silva, nasceu em Altinópolis,em 1902. Estou escrevendo a história da família e queria saber de outros parentes e descobrir mais informações sobre meu tataravô Izaias Primo Felippe. Obrigado. alefiuza@terra.com.br

    ResponderExcluir
  16. Meus avós Enrico Perissinoto e Giuseppina Carniel vieram da Itália em jan/1896 à bordo do Vapor S. Gotardo. Com eles estava uma filha de 01 ano de nome Aurora. Moraram na Fazenda dos Angolas em Altinópolis. Tiveram vários filhos nascidos nessa cidade sendo alguns deles Cleofe, Páscoa, Maria, Torquato, Catharina, Anna Victória, Antonio e talvez outros que não sei dizer. Por favor, se alguém souber ou conhecer algo sobre essas pessoas escreva para mim. Estou buscando minhas origens. Escrevam para theo.camillo@hotmail.com

    ResponderExcluir